Telefone de Emergência 24 horas

0800 014 4321

  • Print Friendly, PDF & Email

ARES-PCJ define reajuste das tarifas de água e esgoto em 6,17%

04/06/2018

A resolução da agência reguladora dos serviços do Saema foi publicada em jornal de circulação no Município de Araras no dia 31 de maio  

 

Conforme Resolução Nº 219 da ARES-PCJ – Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias PCJ, a diretoria executiva da ARES-PCJ definiu o reajuste dos valores das Tarifas de Água e Esgoto, praticados pelo Saema, em 6,17% (seis inteiros e dezessete centésimos por cento). A Resolução da agência reguladora foi publicada em jornal de circulação no Município de Araras no dia 31 de maio de 2018 e a nova tabela de valores passa a ser praticada após 30 (trinta) dias de sua publicação.

Com a nova tabela de valores, residências que consomem até o mínimo estabelecido no município, entre a faixa de 0 a 10m³, passam a pagar R$ 26,32 (vinte e seis reais e trinta e dois centavos).

Na categoria comercial, o valor do consumo mínimo reajustado será de R$ 45,94. Conforme nota que acompanha a Resolução, os valores das Tarifas de Esgoto correspondem a 80% dos valores das Tarifas de Água, exceto na Categoria V – Grandes Indústrias com Tratamento de Esgoto, onde a tarifa de esgoto corresponde a 40% dos valores das Tarifas de Água.

Os valores cobrados na Tarifa de Esgoto correspondem à coleta e afastamento do esgoto das residências, comércio, indústrias e outros.

“O Saema fornece os dados necessários para a ARES-PCJ e o reajuste é autorizado após análise contábil e estudos diversos. Desde janeiro de 2017, nossa missão é garantir que o Saema melhore todo o sistema de captação, tratamento e abastecimento de água, e estamos conseguindo isso. Além disso, a autarquia também espera atingir o principal objetivo no momento, que é iniciar a construção da nova Estação de Tratamento de Esgoto. O novo projeto aguarda aprovação da CAIXA e estamos a caminho de solucionar essa questão”, comenta o presidente do Saema, Rubens Franco Junior.

De acordo com o gráfico divulgado pela ARES-PCJ com o valor total cobrado em cada município por 10 metros cúbicos na categoria residencial, a cidade de Araras possui um dos valores mais baixos, sendo cobrados R$ 26,32 (total). O município de Leme possui tarifa total de R$ 44,33; Limeira R$ 40,60; Cordeirópolis R$ 29,18 e Rio Claro R$ 37,70.

Fonte: ARES-PCJ

A tabela de valores de Araras com todas as faixas de consumo (m³) divididas por categorias está disponível no site do Saema em www.saema.com.br na página “Tarifas de Serviços”.

O Saema está à disposição para mais esclarecimentos pelo telefone (19) 3543 5500 ou pelo e-mail imprensa@saema.com.br.

 

Comunicação/Saema

Telefone de Emergência 24 horas

0800 014 4321